Remédios naturais para as náuseas durante a gravidez

Alguns sintomas de gravidez podem ser muito incomodativos: sono, fadiga, inchaço, dor de cabeça, congestão nasal… Um dos sintomas mais característicos da primeira etapa da gravidez  são as náuseas, por este motivo existem tantos truques e remédios naturais para ultrapassar os seus efeitos.

Não serve de consolo que lhe digam que quando terminar o primeiro trimestre estes sintomas desaparecem. As náuseas e os vómitos são muito desagradáveis e repercutem inclusivamente na alimentação durante a gravidez porque parece que não nos apetece nada e que ficamos sem vontade de comer.

Os remédios caseiros contra as náuseas da gravidez com mais sucesso são estes:

  • Deixar na mesinha de cabeçeira umas bolachas ou tostas (hidratos de carbono sólidos) para comê-los antes de se levantar de manhã. O objetivo deste truque é aumentar os níveis de açúcar no sangue para as náuseas não apareçam.
  • É preferível comer menos quantidade com mais frequência do que fazer apenas três comidas ao dia.
  • Tentar ter nos bolsos alguma tosta, sandes, fruta ou frutos secos para não passar mais de duas horas seguidas sem comer.
  • Escolha refeições leves –frutas, verduras, cereais, peixe, legumes… e cozinhe com pouca gordura.
  • Evite os doces porque costumam produzir mais náuseas. Normalmente a maioria das grávidas que acordam com problemas de estômago de manhã mudam o pequeno almoço doce pelo salgado instintivamente.
  • Recomendamos que introduza na alimentação mais bananas, legumes e cereais integrais porque são ricos em zinco, que ajuda a prevenir as náuseas.
  • Durante a gravidez o nosso olfato muda. Assim como os perfumes muito intensos e os aromas fortes podem provocar repugnância, há outros que aliviam as náuseas, é o caso do limão e de outros cítricos. Experimente partir um limão ao meio para cheirá-lo.
  • Relaxe, o stress e o cansaço aumentam a sensação de náuseas. É importante que pare para descansar e tente dormir o melhor possível.
  • O gengibre sempre se recomendou para acalmar o estômago nestes meses mas, também há estudos que desaconselham-no Antes de tomar plantas medicinais na gravidez fale com o seu médico.

By Lets Family 

No Verão mantenha o seu bebé fresquinho

Com a chegada do verão as temperaturas não param de subir. Para combater o calor podemos recorrer a vários truques; a ventoinha, um leque, vestir roupa de verão, dar um mergulho na piscina… mas o que acontece quando o nosso bebé tem calor? Como é que ele nos avisa? Hoje no blog da ecox vamos dar-lhe vários conselhos para manter o seu bebé fresquinho no verão! Continue a ler!

 

Primeiro: Mantenha o seu pequenino bem hidratado!

É mesmo assim mamã, o principal é manter o seu bebé bem hidratado. Considere que os bebés não têm o sentido da sede tão desenvolvido como os adultos. Por este motivo temos que dar-lhe várias vezes o peito. Se o bebé já for um pouquinho mais crescido e já não tomar só o peito poderá também dar-lhe alimentos ricos em água, como frutas e legumes.

Um pouquinho na piscina

Quem é que não deu um bom mergulho para refrescar-se? Pode molhar o seu bebé na piscina sempre e quando tomar algumas precauções. Primeiro procure ia à piscina a horas em que o sol não esteja muito forte e se conseguir estar numa zona à sombra muito melhor. Verifique se a temperatura da água é adequada, quer dizer, que esteja morna. Molhe primeiro as mãozinhas do bebé, a nuca, a cabecinha… pouco a pouco, assim eles também relacionam o momento da piscina a algo divertido e muito refrescante.

Em casa sempre um bom ambiente

Em casa é mais fácil controlar se faz calor ou frio. É aconselhável manter uma temperatura média entre os 22º e 24º. Procure que nunca apanhem o ar da ventoinha ou do ar condicionado de forma directa. Nas horas de mais sol poderá fechar um pouco as persianas assim evitamos que a casa fique muito quente.

Para dormir será suficiente um body de algodão e um lençol. Mudamos o berço de sítio se no seu quarto a temperatura for muito alta. Durante a noite podemos abrir a janela nunca sem antes verificar a temperatura que estiver fora pois de madrugada a mesma pode baixar bastante.

Conselhos para ir à praia com o seu bebé

A primeira vez que leva o seu pequenino à praia é muito emocionante. Está a desejar ver a sua carinha de surpresa quando vê o mar, o seu sorriso quando brinca com as suas mãozinhas na areia, vê-lo gatinhar à beira mar enquanto brinca com a água! É tudo tão mágico! Hoje no blog da ecox temos alguns conselhos para ir à praia com o seu bebé para que nada estrague este primeiro dia tão especial, que jamais irá esquecer. Está preparada? Continue a ler!

 

 Conselhos para ir à praia com o seu bebé

En primero lugar é aconselhável não levar o seu bebé à praia quando é ainda um recém nascido, pelo menos nas horas de mais calor. Nestes casos é melhor esperar que o bebé cresça mais um pouco, por exemplo quando tiver cinco ou seis meses.

Protege-lo sempre do sol. Quando são muito pequeninos não é aconselhável por creme protetor porque podem pôr as mãozinhas na boca. O melhor é estar com ele debaixo do chapéu de sol, pôr-lhe um chapéu, uma t-shirt ou camisola fininha de manga comprida. Para os bebés com mais de seis meses recomenda-se utilizar protetor solar. Coloque o creme solar antes de expôr o bebé ao sol e evite as horas de maior calor.

Mantenha o bebé sempre hidratado! A água é fundamental tanto para os pequenos como para os mais crescidos. Leve sempre consigo muita água. Poderá levar a água dentro de um termos para que se mantenha fresquinha, fruta e alimentos saudáveis.

Por último, o mais importante é que aproveite ao máximo! Faça que esta seja uma experiência única, deixe que o bebé descubra tudo com tempo, não há pressa em mete-lo na água ou se começa a chorar porque tem medo volte a tente mais tarde. Os dias de praia com a família são os melhores.

 

E se estiver grávida?

Se estiver grávida terá que tomar as mesmas precauções. Procure ir à praia cedo ou então ao final do dia, evitando assim as horas quentes do sol. Nadar é muito relaxante para as futuras mamãs mas se o mar estiver muito agitado é melhor que não o faça. Use protetor solar, mantenha-se bem hidratada e aproveite a praia. Não há nada melhor do que estar feliz e relaxada para transmitir estas sensações ao seu pequeno dentro da sua barriga.

Lembre-se que com a Ecox pode conhecer o seu bebé antes de nascer. Conhece o nosso pack emoção? Venha viver a experiência Eco

Chegou Ecox 4D e 5D Braga!

Ecografia emocional 5D ecox Braga!

 

Com a finalidade de oferecer a todos os futuros pais a ocasião de conhecer o seu bebé antes de nascer. Ecox tem um novo centro em Braga, onde damos-lhe a oportunidade de ver o seu bebé com a  melhor qualidade de imagem 4D – 5D. A melhor recordação da sua gravidez.

 

Com mais de dez anos de experiência, ecox é especialista na ecografia emocional 4D e 5D. Connosco é possível conhecer a vida do seu bebé, na barriga, antes de ele nascer. Poderá ver como brinca com o seu cordão umbilical, como boceja quando tem sono enquanto se aninha na sua barriga, o seu rosto, ver como sorri quando ouve a sua voz… uma experiência que irá aumentar o amor que sente por seu pequeno e o desejo de tê-lo entre seus braços.

¿Você consegue imaginar a primeira foto do seu bebê antes do nascimento? Isso é possível graças ao ecox Braga.  Especialistas em ultrassonografia emocional 4D e 5D.

Além disso, terão uma recordação da sua sessão, onde, se desejar pode vir acompanhada da sua família e amigos que farão desta experiência um momento único e inesquecível.

Quando se deve fazer a ecografia emocional? A partir da semana 16 podemos descobrir se é menino ou menina. É um momento espectacular muito ansiado pelos futuros pais!

 

Na semana 22, vai poder ver na Ecox Braga o corpinho completo do seu bebé, verá como se mexe no seu ventre, como ele dorme, o seu sorriso e como brinca. A partir da semana 28 podemos ver o seu rosto, muito parecido a como será quando nascer. com quem será parecido?  Além disso, se desejarem, podem repetir e descobrir como o seu menino ou menina vai crescendo no seu interior.

 

Se estivessem à espera de gémeos a expectativa e a ansiedade pelos preparativos duplica. Na Ecox queremos que desfrute da experiência de conhecer os seus pequeninos e vejam como brincam juntos na sua barriga.

 

Uma experiência única e em duplicado! Esperamos por si no seu centro ecox Braga, com a melhor experiência em 4D e 5D!

 

Você quer saber mais? Solicitar informações sem compromisso no ecox centro Braga

 

 

Chegou Ecox 4D Aveiro!

Chegou ecox Aveiro!

Com a finalidade de oferecer a todos os futuros pais a ocasião de conhecer o seu bebé antes de nascer. Ecox tem um novo centro em Aveiro, onde damos-lhe a oportunidade de ver o seu bebé com a  melhor qualidade de imagem 4D. A melhor recordação da sua gravidez.

 

 

Com mais de dez anos de experiência, ecox é especialista na ecografia emocional. Connosco é possível conhecer a vida do seu bebé, na barriga, antes de ele nascer. Poderá ver como brinca com o seu cordão umbilical, como boceja quando tem sono enquanto se aninha na sua barriga, o seu rosto, ver como sorri quando ouve a sua voz… uma experiência que irá aumentar o amor que sente por seu pequeno e o desejo de tê-lo entre seus braços.

 

Imagina o primeiro selfie com o seu bebé antes de ele nascer? Com ecox Aveiro é possível!  Além disso, terão uma recordação da sua sessão, onde, se desejar pode vir acompanhada da sua família e amigos que farão desta experiência um momento único e inesquecível.

 

Quando se deve fazer a ecografia emocional? A partir da semana 16 podemos descobrir se é menino ou menina.  Esta eco 4D é um momento espectacular muito ansiado pelos futuros pais!

 

Na semana 22, vai poder ver na Ecox o corpinho completo do seu bebé, verá como se mexe no seu ventre, como ele dorme, o seu sorriso e como brinca. A partir da semana 28 podemos ver o seu rosto, muito parecido a como será quando nascer. com quem será parecido?  Além disso, se desejarem, podem repetir e descobrir como o seu menino ou menina vai crescendo no seu interior.

Se estivessem à espera de gémeos a expectativa e a ansiedade pelos preparativos duplica. Na Ecox4D queremos que desfrute da experiência de conhecer os seus pequeninos e vejam como brincam juntos na sua barriga.

 

Uma experiência única e em duplicado! Esperamos por si no seu centro ecox Aveiro,  com a melhor experiência em 4D!

 

Você quer saber mais? Solicitar informações sem compromisso no ecox center Aveiro

Conselhos para cuidar da alimentação durante a gravidez

Durante a gravidez é importante que o bebé esteja saudável e forte para poder tê-lo nos seus braços como bem merece e você, mamã, é a única que pode dar-lhe todos os nutrientes necessários para um desenvolvimento adequado. Para tal, para além de saber como manter o peso recomendado durante a gravidez, como jã contámos no anterior post do blog da ecox, hoje vamos descobrir como ter uma alimentação saudável durante a gravidez. Vamos descobri-lo juntos?

Em algum momento terá perguntado que alimentos ou bebidas são indicados para ajudar ao pequeno a crescer dentro do ventre? É que são muitas as coisas a ter em consideração nesta etapa tão bonita! Não se preocupe mamã, contará sempre com os conselhos do seu Médico, ele sabe o que é mais adequado para si e para o pequenino. Não hesite em contactar com o seu Médico para expor todas as suas dúvidas.

Os seus familiares e amigos provavelmente também terão dado algum conselho sobre a comida, nesta etapa, com base na sua própria experiência. Quem não ouviu a típica frase “ tens que comer pelos dois”? Mas isto não é completamente correcto. A frase correcta seria “a importância da alimentação duplica”, porque a dieta deve adaptar-se às novas necessidades da mamã e do seu bebé, proporcionando todos os nutrientes na quantidade adequada à medida que vai crescendo dentro da barriguinha.

É fundamental um equilíbrio entre as vitaminas, as gorduras, os hidratos de carbono, os minerais e as proteínas, assim conseguiremos o desenvolvimento fetal adequado durante toda a gravidez. Quer saber mais? Continue a leer!

Vamos aprender qual é a melhor alimentação saudável para grávidas por trimestres:

O que tenho que comer no primeiro trimestre?

No primeiro trimestre da gravidez o seu organismo sofre uma série de mudanças hormonais para que a gestação siga o seu curso e portanto devemos ingerir:

Ácidos gordos →  a formação do seu cérebro e membranas celulares

Proteínas →  A estrutura dos seus orgãos

Açucar → Como fonte de energía

Ferro →  A formação dos glóbulos vermelhos

Cálcio → Para começas a síntese dos seus ossos

Ácido fólico → A formação do seu tubo neural

Onde encontro estes nutrientes?

Encontraremos estes nutrientes na fruta da época, nos lácteos, na massa e arroz, na carne com pouca gordura, na água, no azeite, no pão, nos legumes, nos ovos e no peixe.

O que tenho que comer no segundo trimestre?

A partir da semana 13 da gravidez já se encontra no segundo trimestre! O seu bebé não deixará de crescer e a dieta deve aumentar cerca de 350 kcal por dia com os seguintes elementos:

Hidratos de carbono → ajudam a manter a actividade muscular, a temperatura corporal, a tensão arterial e o correcto funcionamento do intestino.

Frutas e legumes no segundo trimestre de gravidez → para as gorduras

Muito ferro → imprescindível para a formação de hemoglobina.

Onde encontro estes nutrientes?

Para conseguir estes nutrientes podemos comer massa, arroz e cereais, frutas, cítricos, legumes, carnes magras, frutos secos, sementes, óleos vegetais, carne vermelha e moluscos.

O que tenho que comer no terceiro trimestre?

No último trimestre de gravidez o seu corpo prepara-se para o grande momento do parto. O organismo precisará de uma série de nutrientes, sobretudo de alimentos ricos em omega 3 e lácteos.

Vitamina D e luz solar → para a pele do  bebé

Iodo → vital para o desenvolvimento cerebral

Cálcio, aumenta o consumo → Crescimento e desenvolvimento ósseo

Ácidos gordos omega 3 → bom para os seus nervos

Onde encontro estes nutrientes?

Estes nutrientes encontram-se no sal iodado, nos lácteos, nos brócolos, na couve-flor, na gema de ovo, nas nozes, nas sementes de abóbora e nos peixes azuis pequenos como anchovas ou sardinhas.

Agora já sabe como fornecer os nutrientes necessários para o crescimento do seu bebé. Lembre-se mamã, ter uma dieta saudável também implica realizar algum tipo de exercício ou desporto tranquilo. Pode começar com uma rotina de exercícios em casa ou realizar aulas de pilates ou natação especializada para ajudar a tonificar os seus músculos e chegar em grande forma ao parto. Mamãs sempre em forma! E nõa se esqueça de descansar o suficiente pois dormir bem é fundamental para estar cheia de energía.

Se quiser ver o seu bebé durante todo o processo da gravidez e conhecê-lo antes de nascer, na ecox damos-lhe a oportunidade de realmente sentir e ver o grande crescimento do bebé dentro de si e de poder partilhar esta experiência única com quem mais goste com as nossas ecografias 4D-5D  e os nossos especialistas. Anime-se e venha viver a sua experiência Ecox!

Que emoções trasmite a mamã ao bebé durante a gravidez

Que emoções trasmite a mamã ao bebé durante a gravidez

 

Durante a gravidez tudo o que sente, o seu bebé também sentirá. Se está triste, feliz, preocupada ou tem medo, o seu bebé também estará porque durante a gravidez a mãe transmite ao bebé as suas emoções.

Nesta altura já deve saber que a forma em que o bebé se desenvolve no ventre marcará a sua vida pelo que o ambiente que rodeia a mulher durante os novo meses de gestação é a chave para o desenvolvimento emocional e social do seu pequeno.

Como transmitimos os sentimentos ao bebé

Existem diferentes formas das mães transmitirem ao seu bebé os seus sentimentos e emoções durante a gravidez:

O canal neuro-hormonal, através do fluxo de hormonas e neuro transmissores que durante a gestação chegam ao bebé através da placenta, que actua como um filtro protegendo o bebé. Em algumas situações o líquido amniótico pode inclusive mudar de sabor. Quando a intensidade é muito alta pode filtrar-se gerando desconforto, aumentando o ritmo cardíaco e o sistema de alerta.

O canal sensorial: el bebé também pode guiar-se pelas tonalidades de voz diferentes da mãe, pelas suas carícias, pelo ritmo cardíaco e pela respiração. Quando acarícia o seu bebé, fala com ele, canta para ele ou põe música para ele ouvir, o seu bebé vive-o através do tacto e do ouvido.

Como vê a mãe transmite ao seu bebé muitas informações através das hormonas e substâncias químicas responsáveis pelas emoções. Por exemplo, se a mãe estiver stressada os níveis de cortisol aumentam e o feto sente o aumento do stress pelo que os seus movimentos tornam-se nervosos. Quando a mulher se sente feliz aumentam os níveis de endorfinas e o bebé relaxa-se.

Os receptores destas substâncias amadurecem no cérebro do embrião pelo que o estado anímico da mãe vai determinar o estado anímico do bebé sendo esta a chave para o seu desenvolvimento emocional saudável. As emoções que o bebé capte ficarão na sua memória influenciando a sua personalidade e comportamento.

O que sente o bebé durante a gestação?

Acabámos de dizer que se está triste, feliz, preocupada ou tem medo, o seu bebé também estará, mas a realidade não é tão simples como o que acabamos de explicar. É que os  fetos não sentem dentro do útero materno porque este não tem a maduração neurológica para ter as emoções que tem um adulto (os tubos neurais necessários para que as emoções se desenvolvam a partir dos 3 meses depois do nascimento). No entanto se tiverem sensações e estímulos como bem estar, prazer, saciedade, alarme ou sobressalto, o bebé responde a esses estímulos sorrindo, chorando, chuchando no dedo, mexendo o corpo, dando pontapés e demonstrando emoções, excitação ou calma.

Conhece algumas emoções que transmita ao seu bebé e os seus efeitos

A seguir vamos mostrar algumas das emoções mais comuns que as mães sentem durante a gravidez e quais são os seus efeitos no bebé:

Felicidade, tranquilidade e emoção: os sentimentos positivos produzem endorfinas que se encarregam de rodear o bebé de bem estar e que lhe fazem sentir sensações favoráveis como um ritmo cardíaco estável e uma boa oxigenação.

Stress: aumenta os níveis de cortisol e o feto sente o aumento do stress pelo que os seus movimentos tornam-se nervosos. Inclusive se a mãe está muito stressada o bebé recebe a  mensagem de que deverá fazer frente a um ambiente perigoso. Isto pode provocar que as crianças sejam mais susceptíveis a chorar, a stressar-se e a sentir ansiedade.

Raiva: pode acelerar o ritmo cardíaco e a pressão arterial da mãe. Como consequência os vasos sanguíneos contraem-se e reduz-se a oxigenação para o bebé e o fornecimento do sangue o que faz com que tenha menos nutrientes para forma-se.

5 conselhos para favorecer o desenvolvimento emocional saudável do bebé

  1. Procure um ambiente positivo e tranquilo durante a gravidez.
  2. Rodei-se de pessoas que gostem de si, que a ajudem e apoiem pois as pessoas que rodeiam a mãe durante a gravidez têm um papel fundamental.
  3. Não tente reprimir os sentimentos negativos pois isto pode levar a situações de stress e ansiedade constante. O mais importante é evitar os períodos e não os episódios esporádicos. Quer dizer, o problema aparece quando os sentimentos negativos tornam-se crónicos.
  4. Trate do seu estado emocional. Aprender a gerir todo o tipo de emoções não só será bom para o desenvolvimento do bebé mas também fará que a sua gravidez seja mais agradável.
  5. Goste do seu bebé e demonstre-o com carícias e palavras de afecto. O feto irá entendê-la e sentirá o seu amor.

Educação emocional a partir do útero

Agora que já sabe conhece todas as emoções que sente influenciam diretamente o bebé deverá ser consciente da importância de tratar de si, de procurar um equilíbrio emocional durante a gravidez e de rodear-se de pessoas que lhe proporcionam tranquilidade e amor. Lembre-se que a educação emocional do seu bebé começa no útero.

10 coisas que não sabia sobre o parto

 

De certeza que todas as mamãs têm medo quando pensam no parto, esse momento em que o seu bebé já está preparado para conhecer o mundo e estar nos seus braços. Já terá começado a procurar todas as informações sobre este tema e ter-se-á dado conta de quantas coisas ainda não sabia.

O momento de maior medo será depois o momento mais reconfortante e vale a pena quando você tiver o seu bebé consigo, só precisa estar informada e preparada mentalmente para receber o novo membro na família e sentir o maior amor do universo.
Estamos convencidos de que o seu médico, e nas aulas de preparação ao parto já lhe terão explicado os tipos de parto que existem, as fases e o que precisa fazer para preparar a grande chegada do seu bebé. Precisa de mais informação? Nós iremos contar mais coisas, continue a ler-nos mamã!

10 curiosidades sobre o parto que talvez não conheça:

1. Nem lábios nem unhas pintadas

Embora pareça uma parvoice, não é. Muitos médicos aconselham as futuras mamãs a que não tenham os lábios nem as unhas pintadas. Porquê? Principalmente porque ambas as partes do corpo indicam se se produz um problema na oxigenação do sangue pelo que se está maquilhada não se consegue ver. Interessantes, certo ?

2. Pode ter cãibras, tremores e dejetos

Talvez não soubesse mas durante o parto as mulheres podem apresentar todo o tipo de sintomas. Em concreto, os mais habituais são expulsar dejetos, que tremam ou que tenham grandes cãibras. De certeza que a sua mãe ou avó lhe terão contado alguma situação divertida sobre isto.

3. O sexo e a masturbação podem adiantar o parto

Praticar sexo produz oxitocina a hormona que aumenta a frequência das contracçõe do colo do útero assim como os orgasmos. O sémen também contém substâncias que também ajudam a dilatar o mesmo e podem originar a antecipação do parto. Tenha isto em consideração se estiverem muito românticos na reta final da gravidez…

4. O seu bebé escolhe quando quer chegar

Quem geralmente escolhe o momento em que quer chegar, é o bebé. Quando o último orgão a amadurecer (pulmão) está pronto, expulsa a substância para o líquido amniótico. Isto gera uma reação na mulher. Então se não chegar é simplesmente porque ainda não está preparado (depois do tempo de gestação). É a primeira decisão do bebé! Quem ia imaginar uma situação assim!

5. O parto não é apenas um par de horas

Efectivamente, conforme a opinião de uma parteira, quando o parto dura pouco tempo este costuma ser mais problemático. Uma primeira dilatação pode durar entre 5-8 horas ao que há que juntar as 2-3 horas de expulsão. Tenha muita paciência! Como se costuma dizer: o bom faz-se esperar.

6. Irá queimar calorias

Pense que no momento de dar à luz pode queimar entre 200 e 300 calorías. Não se pode comparar nem com uma sessão de aeróbica! Seja forte campeã!

7. Os bebés não são como na foto

Vimos várias fotos de mamãs que acabaram de dar à luz com os seus bebés ao peito e parecem perfeitos, mas o certo é que assim que nascem estão cobertos por uma substância esbranquiçada, a vérnix caseosa e muitos também têm uma camada fina de pelo que irão perdendo pouco a pouco. Também não é nada estranho que apresentem uma forma estranha da cabeça devido a que os seus ossos do crânio ainda não estão totalmente unidos e acabam por passar pelo canal do parto. Mesmo assim será o bebé mais bonito e perfeito do mundo.

8. Depois do nascimento deverá expulsar a placenta

Pode pensar que o pior já passou quando finalmente nascer o bebé e vir a sua linda carinha. E terá toda a razão, no entanto ainda é preciso expulsar a placenta, que serão mais dois empurrões, mas sairá com facilidade. Um último esforço e poderá receber o seu recém nascido nos seus braços!

9. A hemorragia não para quando for para casa

A hemorragia poderá continuar até 6 semanas depois do parto e para tal deverá ter pensos absorventes. Não se assunte mamã! No entanto, se achar conveniente, poderá contactar o seu Médico para que fique mais descansada.

10. Depois do parto mais contracções?

Já tem o seu pequeno consigo e tudo correu bem mas uns dias depois nota uma dor intensa como se voltasse a ter contracções. É possível? A resposta é sim. São os chamados espasmos que ocorrem quando o útero tenta recuperar o seu tamanho normal. Podem durar três ou quatro dias. Depois tudo voltará à normalidade.

Esperamos que estas 10 curiosidades sobre o parto tenham servido de ajuda para que quando chegue o dia esteja preparada e não se preocupe com estas coisas completamente normais.
E se a espera for muito longa e quiser ver o seu bebé antes de que chegue esse dia convidamos a que conheça a Ecox 4D-5D vivendo uma experiência única com os seus seres queridos. Contamos com a melhor tecnologia e qualidade de imagem em ecografia emocional, acompanhada de profissionais que farão que tudo seja perfeito! Esperamos por si mamã!

Chegou Ecox 4D Almada!

Chegou Ecox 4D Almada! Com a finalidade de oferecer a todos os futuros pais a ocasião de conhecer o seu bebé. Ecox 4D abre um novo centro em Almada, onde damos?lhe a oportunidade de ver o seu bebé na melhor qualidade de imagem 4D, a melhor recordação da sua gravidez.

 

Com mais de dez anos de experiência, Ecox 4D é especialista na ecografia emocional. Connosco é possível conhecer a vida do seu bebé, na barriga, antes de ele nascer. Poderá ver como brinca com o seu cordão umbilical, como boceja quando tem sono enquanto se aninha na sua barriga, o seu rosto, ver como sorri quando ouve a sua voz… uma experiência que irá aumentar o amor que sente por seu pequeno e o desejo de tê-lo entre seus braços.

Imagina o primeiro selfie com o seu bebé antes de ele nascer? Com Ecox 4D Almada é possível!  Além disso, terão uma recordação da sua sessão no centro Ecox, onde, se desejar pode vir acompanhada da sua família e amigos que farão desta experiência um momento mágico, único e inesquecível. Não irá arrepender?se!.

Quando se deve fazer a ecografia emocional? Dizemos?lhe quando ir ao Ecox 4D Almada. A partir da semana 16 podemos descobrir se é menino ou menina.  Esta eco 4D é um momento espectacular e muito ansiado pelos futuros pais! Na semana 22, vai poder ver na Ecox o corpinho completo do seu bebé, verá como se mexe no seu ventre, como ele dorme, o seu sorriso e como brinca. A partir da semana 28 podemos ver o seu rosto, muito parecido a como será quando nascer. com quem será parecido?  Além disso, se desejarem, podem repetir e descobrir como o seu menino ou menina vai crescendo no seu interior.

Se estivessem à espera de gémeos a expectativa e a ansiedade pelos preparativos duplica. Na Ecox4D queremos que desfrute da experiência de conhecer os seus pequeninos e vejam como brincam juntos na sua barriga. Uma experiência única e em duplicado! Esperamos por si no seu centro Ecox 4D Almada, com a melhor experiência em 4D!

Experiência Ecox de Naide Gomes

Cada vez são mais as futuras mamãs que desejam conhecer como é a vida do seu bebé antes de nascer com a Ecox, como foi o caso da atleta Naide Gomes, que foi a um dos nossos centros Ecox para conhecer o seu pequeno. Contamos aqui a experiência Ecox de Naide Gomes.

A nossa experiência (Eu o meu Marido e meu filhote Mateus) foi muito agradável e muito emotiva. A chegada ao centro foi muito tranquila, receberam-nos super bem, o que nos deixou a partida mais à vontade.

 

 

  • Como definiria a experiência da ecografia emocional

Esta é nossa segunda experiência com o centro, já havia feito com o meu primeiro filho, o Mateus. Por ter sido a primeira experiência, era novidade vivemos com maior intensidade. Esta segunda vivemos também com muita emoção, pois já me encontrava numa fase mais avançada da gravidez (35)  e conseguimos observar com mais nitidez o nosso bebé. Foi também uma experiência a 3 o que me deixou muito feliz, o Mateus viu irmão, e só dizia bebé. Partiu-me o coração.

  • Como se sentiu ao conhecer o seu bebé?

Senti-me muito feliz  e ansiosa por o ter nos meus braços.

  • O que sentiu ao ver a sua cara e as suas reações pela primeira vez?

Senti-me uma felizarda de poder vivenciar este momento.

  • O seu filho acompanhou-a na Ecografia? Que expectativas tinha ele sobre o que ia ver? E o papá, como viveu este momento?

Sim, o Mateus ainda é muito pequeno ainda não tem bem a noção o que estava a ver, sabia que era um bebé (mano), mas foi muito bom poder partilhar desta experiência com eles. O Papá ficou super feliz e mais ansioso por conhecer o filhote que aí vem.

  • Como classifica o nosso centro Ecox da Amadora, relativamente ao acolhimento e tratamento que dá à mamã e à família na sessão?

Excelente. Tive toda a atenção e simpatia, explicaram-nos tudo aquilo que queríamos saber. Foram impecáveis. Obrigada

  • As lembranças que levou da experiência (o CD, DVD, fotos) foram satisfatórias? Que impacto acha que tem para quem não assistiu à sessão?

Foram muito satisfatória. Para aqueles que não assistiram à sessão, foram de carinho e de admiração por observarem o Miguel quase tão perfeitinho. Adoraram.

  • Recomendaria a experiência Ecox a futuras mamãs/papás? Numa só palavra como descrevia?

Claro que sim! Apaixonante.

 

  • Como desportista profissional, está acostumada a rotinas de trabalho intensivas e um filho requer sempre muito trabalho! Como se está a preparar para esta maternidade?

Muito trabalho ?, estou a preparar-me de forma muito tranquila, com os receios normais de quem vai ter mais um filho tendo outro tão pequeno. Mas julgo com amor e uma dose de muita paciência tudo se resolve.

Mas vai ser um grande desafio sem dúvida. UM desafio de vida. Como disse sou uma felizarda e uma sortuda por poder vivenciar a maior e a melhor das experiências que um ser humano pode ter (na minha opinião é claro).

  • Muito obrigada pela sua colaboração!

Obrigada eu pela possibilidade de vivenciar esta experiência tão emotiva.